• Mário Antonio Marques Fascio

Polícia Federal deflagra operação contra o crime organizado no Amapá e cumpre 15 mandados de prisão







Durante diligências, uma pessoa morreu em confronto armado e 10 quilos de pasta base de cocaína foram encontrados.




A Polícia Federal, com o apoio da COE-BOPE/AP, Canil, ROTAM, CHOQUE, PRF, GAECO, NIMP e Polícia Civil de Pedra Branca do Amapari, deflagrou na manhã desta quinta-feira, dia 11/11, a Operação Vikings*, para cumprimento de 15 mandados de prisão preventiva e outros 13 mandados de busca e apreensão contra membros de organização criminosa atuante no Estado do Amapá.


Cerca de 80 policiais cumpriram as medidas cautelares, que foram expedidas pela Primeira Vara Criminal da Justiça do Estado e resultaram na ação que ocorre nos municípios de Macapá, Santana e Pedra Branca do Amapari.


Na capital, as forças de segurança pública cumpriram mandados nos bairros do Araxá, São Lázaro, Universidade e Novo Horizonte.

Durante o cumprimento de um dos mandados, na Zona Sul de Macapá, houve confronto armado e um homem, ainda não identificado, morreu. Em outra diligência, na Ilha de Santana, a PF e equipes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público encontraram 10 quilos de pasta base de cocaína.

Além de Macapá e Santana, os mandados são cumpridos em Pedra Branca do Amapari, no Centro-Oeste do estado. Ao todo, mais de 80 policiais atuam na operação, entre PF, MP-AP, Polícia Civil e Polícia Militar através do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

O objetivo é desarticular as atividades de organização criminosa voltada à prática de homicídios, tráfico de drogas, roubos e outros crimes violentos e que atuam dentro e fora do sistema prisional do Estado.

0 visualização0 comentário