• Mário Antonio Marques Fascio

Os escolhidos são sempre preparados



Como você imagina ir à guerra e não ter um mínimo de preparo? Será que muitos dos que foram para as grandes guerras do mundo estavam despreparados e por isso suas nações foram derrotas em certas ocasiões? Ou o exército adversário era mais bem-disposto de ensinamentos e armamentos? Seja qual for a justificativa, a resposta penso ser apenas uma: Não. Os escolhidos em dado momento serão sim preparados. Sobremaneira um comandante sério levaria seus homens ao campo de batalha sem um preparo anterior.


Cada uma idealiza da maneira que bem entende ser a mais adequada. Cada treinamento é realizado de modo que alcancemos o êxito segundo nossos preparados. E após tudo isso, somos lançados ao mar revolto da vida, frente aos leões, mas sem medo. Mas ainda que haja medo, com a certeza de que o treinamento de outrora me ajudará a compreender a posição que devo guardar, quando devo agir e, principalmente, como agir.


Outrossim, a bíblia nos dá diversas demonstrações de como Deus age na escolha e capacitação de homens e mulheres da fé. Em Êxodo 31:1-18, Ele capacita homens e principalmente Bezalel, filho de Ure, na construção de sua arca da aliança.


Qual homem seria capaz de tamanho feito se não fosse pela misericórdia e o preparo divino para que a obra fosse realizada?


Não menos diferente, tempos antes Deus se apresenta a Moisés e o manda retornar ao seu povo para que fossem libertos do cativeiro. Moises de maneira alguma se achou capacitado ou sentiu, durante a primeira abordagem na sarça ardente (Êxodo 3), que seria capaz de realizar tamanho prodígio – ainda não conhecia o poder do Deus de seus pais.


Talvez até possa utilizar de uma passagem no livro de Provérbios para exemplificar o quão disposto devemos estar se sentirmos que somos escolhidos e separados para a obra de Deus aqui na terra: (Pv. 6:6)


Muitos de nós somos preguiçosos o suficiente para não buscar maneiras de realizar aquilo para o que fomos colocados sobre a terra. Muitos vivemos a síndrome das primeiras palavras de Moisés frente a uma árvore em chamas que não a consumia: “Eu não consigo, Senhor!”. Será mesmo que não consegue? Ou seria essa apenas uma falácia empregada mediante ao ato preguiçoso de se lançar ao campo e lavrar à terra?


Amigo(a), saiba de uma coisa: De uma maneira ou de outra, se Deus quer, você é usado! Os escolhidos, não importa o momento ou circunstância, serão preparados e direcionados à fronte de batalha!


Por que devo acreditar que os escolhidos sempre serão preparados?


Primeiramente, Deus não é homem para que minta. Se Ele prometeu, há de fazer cumprir a boa obra. (Filipenses 1:6)


Sim, Deus pode agir sozinho e intervir em cada milímetro da terra, mas escolhe fazê-lo através de nós. Então se Ele prometeu, certamente há de cumprir. A vitória de uma forma ou de outra vai acontecer. Portanto, você estará preparado para obter a vitória, ainda que caído no chão, através de Cristo Jesus.


· Lembra da vez que passou por determinada situação e não compreendeu o porquê? Era Deus te preparando e capacitando.

· E quando chorou copiosamente após uma decepção? Era Deus te ensinando.

· Quando você discutiu com aquele amigo e depois voltou para pedir perdão? Era Deus te mostrando como viver de forma acolhedora e humilde.


Tudo que acontece em nossas vidas, seja bom ou ruim, são experimentos de Deus para que aprendamos e sejamos preparados para as coisas que virão.


Como poderemos ajudar um irmão que passa por uma situação difícil se não tivermos experimentado da dificuldade?


Como você acredita que poderá consolar alguém em uma perda se nunca perdeu nada em sua vida?


Dizer te ama sem nunca ter amado?


Perdoar uma ofensa sem nunca ter necessitado pedir perdão pelas suas palavras tortas?


A vida é feita de momentos costumeiros que nos indicam determinados caminhos e rumos que devemos seguir. Não que a vida seja um mapa certeiro que nos conduzirá sem que nos enganemos. De forma alguma, mas cremos em um Deus que não se engana e nos conduz na direção correta. No trilho da vitória que Ele mesmo já preparou e idealizou para nós.


Vitória, amigo(a), jamais significará ausência de batalhas ou de dores. Sair vitorioso pode significar até mesmo uma derrota, mas com a certeza da vitória celestial.


Acha impossível que isso aconteça? Não, não é! Por acaso você não se recorda dos discípulos de Cristo? Qual deles viveu uma vida de regalias, com uma mansão em frente ao mar da Galiléia ou com uma ilha exclusiva na Grécia? Quantos deles tiveram esposas, filhos, netos e bisnetos e curtiram até o último segundo suas famílias com um churrasquinho aos finais de semana?


Não, meu irmão e irmã, não! Pelo contrário, eles foram preparados e saíram desse mundo com a vitória totalmente garantida. Eles morreram por amor do nome de Jesus. Você quer vitória maior do que essa? Você acredita que possa haver celebração mais intensa do que proliferar a palavra de Deus aos quatro cantos do planeta?


Espadas, forcas, fogueiras, prisões... nada disso foi capaz ou suficiente para impedir que aqueles homens que foram escolhidos e preparados, difundissem às boas novas que representam Jesus Cristo para homens e mulheres do seu tempo.


Eles foram preparados e cada um de nós que aceitamos e decidimos andar com Jesus estamos em curso de preparação, pois já estamos alistados e somos soldados ativos (se ainda não somos, devemos ser) do Reino Celestial.


Meu amigo e minha amiga, não tema o que possa lhe fazer o homem, pois quem prometeu será fiel para cumprir (Ezequiel 12:28).


Quando Deus lançar sobre a sua vida uma palavra, saiba que ela será cumprida. Saiba que tudo quanto diz o Senhor é bom e agradável e digno de fé. Ele te escolheu. Ele te capacitará para que tudo o quanto esteja imaginando para a sua vida, se realize e seja o pontapé inicial da vitória triunfante já definida para a igreja do Senhor.


Jesus veio escolher e capacitar


Jesus veio ao mundo e se deu em nosso lugar para que fôssemos salvos e redimidos dos nossos pecados. Mas também veio ensinar, exortar e principalmente nos preparar para a segunda e derradeira parte da história da humanidade.


Cristo escolheu 12 e, a partir dali centenas de milhares de outros 12, 24, 36... cada vez mais homens se multiplicariam na batalha pelas obras do Senhor.


Jesus foi um líder. Jesus é um líder. Cristo com sua liderança levanta outros líderes para preparar soldados.


“O Reino dos Céus está próximo”, assim disse o senhor em Mateus 10: 1-7.


Você tem plena noção? Deus alertava aos seus discípulos o que deveriam fazer. Eles deveriam anunciar o evangelho às ovelhas que estavam perdidas. Cristo preparou-os para que pudessem ir em buscas desses filhos pródigos que decidiram viver por sua conta e risco. Para isso, lhes alertou de que o reino estava próximo. Que era necessário agir naquele momento.


Se há 2.000 anos o reino estava próximo e era preciso urgência em anunciar o evangelho, como estaria agora, batendo à porta? Então, amigo, amiga, vá ao campo! Você tem preparo. Você é sabedor da bíblia. Você é conhecedor do amor de Cristo para conosco. Então vá, seja ferramenta viva nas mãos do Senhor. Permita que Ele possa usá-lo e ajuntar o máximo de tesouros para levar aos céus da redenção.


O Reino está próximo. Não somente próximo de sua vinda, mas próximo de nós agora, nesse exato momento. O reino está conosco nessa batalha. Seja firme, não lhe mandou Ele? (Josué 1)


Ainda que você morra, ainda que a promessa seja cumprida após a sua retirada deste mundo, mesmo que você não possa enxergar a vitória lá no fim, Deus deseja te preparar para o encontro celestial na celebração da salvação.


Quando todo olho contemplar a maravilhosa graça da presença do Senhor advinda dos céus em glória para reinar entre nós. Quando tudo que aqui está for restaurado e Nova Jerusalém sobressair em cada milímetro da terra, quando tudo isso que conhecemos passar, estaremos preparados para viver em harmonia e aprender por toda a eternidade as maravilhas de um Deus que antes de existirmos, sonhou conosco e nos idealizou a partir de suas próprias mãos.


Amigo, não se preocupe se não souber como deverá falar, apenas abra a sua boca. Não tenha medo de ir, você será preparado para trilhar o caminho da guerra que nos conduzirá ao brilhante ato de amor do Senhor – a sua volta para nos conceder a graça de sermos em unidade eleitos e moradores da cidade que Jesus foi preparar na casa de seu Pai.


Aba, pai! Prepara-nos para que sejamos em unidade tudo aquilo que tens sonhado para seus filhos. Capacita-nos a sermos soldados pacientes e tementes ao seu nome. Seja conosco e nos prepare para cada batalha que venhamos a enfrentar por amor do seu santo e bendito nome!


Aos que por algum acaso experimentaram do medo de ir: capacite-os!


Que sejamos todos capacitados perante às guerras que implicam à existência humana.

0 visualização0 comentário